A Sara Matos do CabelosUnhas entrou em contato comigo e me mandou um artigo bem legal que fala sobre animais de estimação e viagens, duas das minhas grandes paixões. Fiquei extremamente feliz com a colaboração, e a postagem ficou muito legal! Espero que vocês gostem também!
Tata

Muitos de nós temos animais em casa, especialmente um gato ou um cachorro e um dos problemas que surgem é quando chega a altura de ir de férias.
Existem dois tipos de pessoas:
  • Aquelas que sempre levam o animal;
  • Aquelas que não costumam levar ou não podem levar;
Para os dois tipos de pessoas existem certas dicas que você pode receber para ter a certeza de que o seu animal fica bem durante essas férias.
Pronta para saber como? Vamos lá ver isso.

Não Levar o Animal
Quando a opção é esta, certifique-se de arrumar alguém que vá a sua casa cuidar do seu animal ou então que a pessoa o possa levar para a casa dela por esses dias.
Numa situação ou noutra, animais como um cachorro ou um gato devem e estar acostumados á presença da outra pessoa e se preferível, á casa dela, se for essa a escolha.
Daí recomendarmos que você se certifique que um tempo antes de você ir de férias o animal possa contatar bem com aquela pessoa de forma a criar confiança.
Levar o Animal
Aqui neste caso você tem muito mais coisas com que se preocupar visto muitas coisas puderem acontecer.
Vamos dividir isto por alguns passos:

Viagem
As preocupações que você deve ter neste caso dependem muito de como você for de férias.
Caso seja de avião certifique-se que a companhia aérea permite animais e que permite o seu animal.
Você deve ligar para a companhia ou então procurar no site deles a informação relativa a animais e ver se aceitam e se o seu animal está dentro das normas.
Já de carro, a maior preocupação que deve ter é como é feito o transporte. Nós recomendamos que use sempre uma daquelas caixas de transporte de animais.
Tanto neste caso como no do avião ou outro qualquer…
E além disso, certifique-se que a caixa é suficientemente grande para o seu animal pelo menos poder se esticar e ficar confortável, dentro do possível.

Nunca Fazer:
  • Deixar o seu animal no carro sozinho ao sol e preso;
  • Deixá-lo ir com a cabeça de fora da janela, sendo um risco de saúde;
  • Lave sempre a taça da comida dele e pare para dar-lhe água de 2 em 2 ou de 3 em 3 horas, pelo menos.

Alojamento
Mais uma vez você deve se certificar que o lugar aceita animais e se aceita o seu animal em específico.
Já existem muitos lugares que o permitem, por isso, caso perca um pouco do seu tempo a procurar, não deve ser muito difícil.
Um lugar onde normalmente são sempre aceites são parques de campismo, tem aí uma opção…
Outra coisa que pode ajudar bastante ao seu animal se sentir menos nervoso e mais seguro é levar algo que ele esteja acostumado.
Pode ser um brinquedo, uma manta, … Algo que ele esteja acostumado a ter com ele á muito tempo.
Saúde
Mudanças destas podem fazer com que o seu animal acabe ficando doente de alguma forma ou mesmo de forma natural.
E como você está longe de casa, uma das coisas importantes é antes de ir para o lugar que você saiba onde existem veterinários na zona.
Dessa forma se ele ficar doente você pode logo ir levá-lo ao veterinário quando for possível e assim fazer com que ele se sinta melhor logo.
*Para quem acredita nisto, pode aprender aqui também uma oração para cachorro doente, e assim diminuir a sua dor enquanto não conseguir o levar ao veterinário.
Aqui estão algumas dicas do que fazer com o seu animal quando for viajar, o que achou?
Deixe a sua resposta a esta pergunta nos comentários junto com alguma opinião que você tenha.



Vim falar de uma cidade maravilhosa, Maceió, a capital do estado de Alagoas. Passei apenas dois dias lá, mas foram dois dias muito bons e divertidos, apesar do azar de termos pego dias com tempo nublado.

No primeiro dia fomos à Praia do Francês, uma das praias mais famosas da região, fica a 33 quilômetros de Maceió, num município chamado Marechal Deodoro. As águas da praia são lindas e bem calmas. Do lado direito, as águas são mais agitadas, produzem várias ondas, e é um local cheio de surfistas.
Depois fomos à Praia do Gunga, conhecida como uma das praias mais bonitas do Brasil. Lá temos o encontro do mar com uma lagoa, a Lagoa do Roteiro, dando a opção de na água salgada e na água doce. Pagamos dez reais para entrar com o carro e estacionar na praia. Também tem um mirante logo na entrada da praia, onde você pode ver tudo de cima, custa apenas dois reais por pessoa. Existe a opção de andar de buggy e conhecer as falésias coloridas, mas como chegamos um pouco tarde e o tempo estava corrido, optamos por não fazer.
À noite fomos passear na orla da Praia de Pajuçara, e comemos tapioca em uma das várias barraquinhas, e como uma nordestina adoradora de tapioca, recomendo muito. Conhecemos a feirinha de artesanato, onde tem várias peças produzidas por artesãos locais. Essa praia é uma das mais conhecidas de Maceió e suas águas são bem calmas. De lá partem jangadas rumo às piscinas naturais, ótimo para relaxar e ver vários peixes.
No dia seguinte fomos à Praia de Paripueira, uma praia muito bonita, calma e bastante frequentada nos finais de semana. Bancos de areia que formam piscinas naturais são acessíveis por lanchas na maré baixa. Como fomos numa segunda-feira, haviam poucas pessoas no local.
Mais tarde fomos à Praia da Ponta Verde. Sua orla é muito bonita, repleta de coqueiros. Existem várias barracas e barzinhos na orla, como por exemplo o Lopana e o Kanoa. Essa praia é uma ótima escolha para passar o final da tarde e ver o pôr do sol.

À tardezinha fomos ao Maceió Shopping, um shopping da região, pequeno mas bem legal, estava lotado, fomos cinco dias antes do natal, então não podíamos esperar outra coisa.

Mais tarde me reencontrei com um amigo que conheci no intercâmbio, jantamos na casa dele e foi um momento super proveitoso, deu pra matar um pouco da saudade. E, com esse jantar, fechamos nossa maravilhosa estadia em Maceió.
Adorei o passeio, mas o tempo foi bastante curto, espero voltar lá em breve e conhecer os vários outros pontos turísticos que essa cidade tem a oferecer.

Já foram a Maceió? Gostaram? Teriam outras dicas? Comentem!

Tata.


Minhas duas semanas de férias tiveram um motivo especial, uma viagem com a família. Passamos uma semana em Santa Catarina, e fomos para o Beto Carrero World, Balneário Camboriú e Florianópolis. Na outra semana, saímos e descansamos um pouco, aproveitamos enquanto meu pai estava de férias. E, na semana que vem, vou visitar meu namorado lá na Flórida. Então, já sabem, vem muita novidade por aí.

Nesse post, vim falar um pouco sobre o Balneário Camboriú. E, ainda trago mais uma novidade! Meu primeiro vídeo no YouTube! É bem amador, mas eu prometo que com o tempo vou melhorando a qualidade e tudo mais, o tempo e a prática são ótimos professores. Vou deixar o link no final da postagem :)

Pois bem, passamos dois dias no Balneário Camboriú, mas em um desses dias fomos ao Beto Carrero World, então só aproveitamos um dia lá, infelizmente.

Fomos à Estação BarraSul, pagamos 39 reais para pegar o bondinho, e de lá partimos para Estação Laranjeiras. Chegando lá, fomos para a Praia de Laranjeiras, que é uma praia muito linda, com uma orla cheia de restaurantes e bares. Achei a praia bastante cheia, tinha muita barraca, o que dificultou um pouco a locomoção, e achei os preços bem caros. 50 reais para ficar em uma barraca não é muito agradável. Almoçamos por lá mesmo (num restaurante com o preço até bom), e depois voltamos para o bondinho, onde descemos na Estação Mata Atlântica.
Na Estação Mata Atlântica, onde se encontram as principais atrações do Parque Unipraias.
Lá encontramos o Youhooo!, que é um treno de montanha; o Zip Rider, uma tirolesa que vai da Estação Mata Atlântica até a Estação Laranjeiras; e a Fantástica Floresta, que é um mundo secreto no meio da mata com seres fantásticos, é uma atração mais voltada para o público infantil. Todas essas atrações são pagas à parte.
Também encontramos dois mirantes, quiosques, loja de souvenirs, e a Casa do Chocolate.
Aconteceram alguns imprevistos, ficamos na Estação Mata Atlântica por 3 horas sem poder sair porque estava chovendo, perdemos uma parte da tardezinha e ficamos exaustos, então não conseguimos sair para aproveitar a noite na Praia Central e nem nas lojinhas próximas. Uma pena, pois a cidade fica bastante animada durante a noite.
Se quiserem saber mais sobre o Balneário Camboriú, clique aqui.
Voltaria lá com certeza, adorei demais <3
E vocês? Já foram lá? Comentem :)

Tata.


Resolvi me dar umas férias de duas semanas. Quero planejar um futuro para o blog, várias postagens e novidades. Tenho muitas ideias mas preciso organizar e colocar cada uma delas no seu devido lugar. Por isso decidi que preciso de um tempo para isso, um tempo para pensar.

O processo de criação demora um pouco, e não é tão fácil como se parece. Gosto de compartilhar experiências, coisas das quais vivi e tenho propriedade suficiente para falar. Não quero que meu blog se torne mais um espaço qualquer, como muitos espaços da minha vida se tornaram. Aqui é um lugar onde posso me expressar, ser quem eu sou, e dividir todas as minhas paixões.

Prometo que não vou me demorar. Serão apenas duas semanas, e elas passarão tão rápido que nem vai dar pra perceber.

Não me esqueçam, não me larguem. Continuarei postando no Instagram e na Fanpage do blog. Me sigam por lá para ficarem pertinho de mim.

Às postagens voltarão no dia 16 de janeiro, três postagens semanais, na Segunda, Quarta e Sexta.

Beijos de luz.

Tata.