Levei uma surra de realidade.
Eu estava me destruindo a cada dia que se passava.
Não estava me concentrando nas coisas importantes da vida.
As horas e os segundos estavam passando e eu não estava aproveitando minha vida do jeito que deveria.
Achava que a minha felicidade estaria no futuro, e que por enquanto eu deveria sofrer o que fosse, até que o futuro chegasse.
Estudar algo que eu não gosto, trabalhar, estudar mais, projetos acadêmicos, sem tempo para fazer as coisas que eu mais gostava. Sem tempo para ir à praia, assistir filmes e séries, ler livros, estudar fotografia, cinema e culinária.
Foi preciso que desistissem de mim para eu perceber o quão eu estava errada. Foi preciso que meus planos para o futuro fossem ameaçados para eu pensar em mudar. Tive de me comprometer a tentar aproveitar a vida.
Meus planos só seriam devolvidos a mim com uma condição. Eu teria que tentar ser feliz.
Parece até fácil, mas ser feliz quando tudo o que você deseja está distante, não é uma tarefa tão simples assim.
Assim, mesmo com todas as dificuldades, resolvi tentar mudar. Eu tive que mudar, senão toda a minha felicidade seria arrancada de dentro de mim. E é dessa forma que venho tentando viver meus dias, aproveitando os segundos, por mais que eu anseie pelo futuro.

Deixo uma frase que uma grande amiga minha me mandou, e era tudo o que eu precisava ouvir, e talvez tudo o que você precise também.

"A gente fica esperando que a alegria haverá de chegar depois da formatura, do casamento, do nascimento, da viagem, da promoção, da loteria, da eleição, da casa nova, da separação, da aposentadoria…  E ela não chega, porque a alegria não mora no futuro, mas só no agora.”
Rubem Alves

Fica o recado mais clichê de todos os tempos, não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje.

Tata.


Como eu já citei várias vezes aqui no blog, eu estou em um relacionamento à distância.
Namoro com um garoto que mora a 6 mil km de distância de onde vivo.
Distância não é algo bom quando o que mais se quer é estar perto.
Por isso eu decidi fazer um vídeo falando um pouco dessa dificuldade.
Fiz algumas filmagens quando eu estava indo visitá-lo em janeiro.
O vídeo poderia ter ficado melhor? Poderia. Mas quando eu cheguei lá, esqueci de vídeo, de tudo, só queria ficar pertinho dele e fiz pouquíssimas filmagens.
O vídeo é curtinho, tem menos de dois minutos, exatamente por causa do pouco material que tinha para fazê-lo. Mas foi feito com muito amor.
Espero que vocês gostem.


Esse vídeo foi inspirado em Distance por Will Darbyshire.
Tata.


Bom dia, boa tarde e boa noite!

Faz algum tempo que não posto uma playlist para vocês. Com eu estou completamente viciada no novo cd de Ed Sheeran, Divide, deu vontade de compartilhar minhas 5 músicas favoritas de Ed Sheeran. Foi uma tarefa bem difícil, pois eu amo demais todas as músicas dele. Eu pensei em colocar minhas 5 favoritas dentre todos os álbuns, mas como não consegui, vou colocar minhas 5 músicas favoritas do álbum Divide.

1. Perfect
Essa música maravilhosa, que será a música principal do meu casamento, foi feita em homenagem à namorada de Ed Sheeran, Cherry Seaborn.


2. Nancy Mulligan
Essa música conta a história dos avós do cantor. Ela relembra como seu avô, William, se apaixonou por sua avó, Anne, contra os desejos de seu pai e apesar de suas diferenças religiosas católicas e protestantes.

3. New Man
New Man não foi escrito para ninguém em especial. Foi escrita a partir de uma ideia que Ed Sheeran teve em escrever um "fuckboy athem", que seria como se fosse um hino sobre o pior tipo de cara que você pode conhecer. Como o próprio cantor disse, "nós todos os conhecemos, todos fomos eles alguma vez."

4. Dive
Trata-se de conhecer um amor pela primeira vez. A música mais inspiradora do álbum, você percebe a emoção e a paixão transmitida pela voz do cantor ao cantar essa música.

5. Galway Girl
Foi inspirado pela violinista irlandesa, Niamh Dunne, casada com um dos amigos de Ed Sheeran e toca na tradicional banda irlandesa Beoga. Mas Ed Sheeran disse que ela só inspirou a primeira frase e depois ele simplesmente criou o resto da música.

Já escutaram essas músicas? Gostam de Ed Sheeran? Me contem!

Tata.



Eu sofro bastante com a crise dos 20. Provavelmente você já ouviu falar nela. É algo que acontece quando estamos saindo da da juventude e entrando na fase adulta, período em que somos jovens adultos
A fase entre os 20 e 30 anos é uma fase muito importante na vida de todos nós. Geralmente é quando fazemos nossas maiores escolhas, como qual curso na faculdade fazer, onde trabalhar, quais são os planos para o futuro. Também é, de maneira geral, quando você conhece a pessoa com quem você vai se casar, começa a pensar em ter filhos e construir uma vida juntos. Juntar dinheiro, arranjar um lugar para morar, garantir uma aposentadoria confortável. Há tantas coisas que acontecem dos 20 para os 30 anos. Você praticamente define seu futuro profissional e amoroso. Como vai ser o resto de nossas curtas vidas.

Essa crise já tem me maltratado a dois anos, e espero que ela passe logo. Não quero envelhecer rápido, só quero que esse sentimento passe. 
Tenho 22 anos, curso meteorologia, sem nenhum diploma na mão, tenho o sonho de trabalhar na área de cinema, fotografia, línguas ou culinária. Ainda tenho dois anos de graduação pela frente, para depois decidir com o que vou trabalhar. Namoro à distância, e não sei como vou fazer para morar perto do meu namorado. 
Então não sei se penso em um emprego aqui no Brasil mesmo, ou se fico tentando ir para o país dele. São muitas incertezas pela frente, e o desespero está sempre me acompanhando nessa trajetória.

Mas é normal se desesperar de vez em quando. Só não deixe que isso tome conta de você.
Sua vida não se resume a uma carreira profissional bem sucedida, ou ter uma família construída aos 30 anos. Não tenha pressa, tudo vai acontecer no tempo certo. 
E se você encontrar seu amor aos 35? 
E se você quiser largar tudo e viajar por anos? 
E se você só se formar depois dos 30?
E se só conseguir um emprego relativamente estável aos 40?
O mundo está cheio de possibilidades, não existe um roteiro pelo qual sua vida deve se basear, lute pelos seus sonhos, dê o seu máximo para alcançar seus objetivos, e se não der certo, tente mais uma vez. O importante é se esforçar, muitas batalhas virão, e você pode até perder algumas, mas é você quem decide se vai continuar até vencer a guerra. Não desista. E se tudo isso não acontecer antes dos 30 anos, tudo bem, você ainda tem uma vida inteira pela frente.

Tata.


Hoje liberei meu terceiro vídeo do canal. É um vídeo sobre meu dia no Beto Carrero World.
Fui lá em janeiro, mas só encontrei um pouquinho de tempo para editar esse vídeo agora. Espero que vocês gostem e se divirtam. Eu falei bem pouco, e o vídeo ficou meio sem noção mesmo, mas eu queria dividir um pouco com vocês a minha viagem.
Vou postar umas fotos aqui também!



Espero muito que vocês gostem!
Tata.


Ultimamente estou com poucos amigos, acho que você que lê minhas postagens, deve saber bem do que eu estou falando. Então, venho me sentindo um pouco só, e o meu maior problema com isso é me divertir. Sempre fui dependente dos outros para sair e me divertir, mas resolvi mudar. Não dependemos de ninguém para ser feliz ou fazer coisas dos nosso agrado, então vim dar algumas dicas de coisas que você geralmente faz com alguém mas que você pode fazer sozinho.

1. VIAJAR
Claro que a primeira opção seria essa, a coisa que eu mais gosto de fazer no mundo é viajar. Tenho muita vontade de conhecer algum lugar sozinha, a experiência deve ser incrível, fazer tudo no seu tempo e aproveitar do jeitinho que você deseja. Fora os inúmeros benefícios que essa experiência pode trazer, como autoconhecimento e autoconfiança.


2. RESTAURANTE
Poder ir a um restaurante só, escolher o que você quiser comer e se deixar envolver pelo sabor sem pressa de ir embora, é uma experiência que eu recomendo muito. Observar as pessoas ao redor é algo que eu adoro fazer, e um restaurante é um ótimo lugar para isso.

3. CINEMA
Sei que você assiste filmes ou séries no Netflix sozinho, mas que tal ir ao cinema sozinho? Assistir aquele filme que você está doida para ver, mas ninguém quer. Você vai captar melhor a essência e mensagem do filme, e sua autoconfiança vai aumentar, com certeza.

4. SHOW
Ver sua banda favorita de perto, e aproveitar cada minuto ao máximo, sem se preocupar se seus amigos estão por perto, ou se você vai se perder deles. E ainda ter a possibilidade de ficar bem próximo ao palco, já que é muito mais fácil chegar lá na frente se você estiver só. Com certeza algo que desejo fazer sozinha!

5. PRAIA
Ir à praia, lagoa, lago, parque ou qualquer um desses lugares que te permitam ficar mais próximo à natureza, é uma forma maravilhosa de relaxar e se desconectar. Ansiedade é um mal que me atormenta, e ir a um lugar para relaxar, ler um livro ou fazer qualquer coisa do tipo é a melhor forma de terapia.

Existem muitas outras coisas para fazer e lugares para ir sozinho, mas coloquei apenas algumas para você saber que sua diversão só depende de você. Desapegue e se conheça!

Beijos, 
Tata.

*Imagens: Todas as imagens foram retiradas do Tumblr.



Já fui três vezes no Busch Gardens, uma em 2010, outra vez em 2015 e agora em 2017. E, dando uma olhada na lista de atrações, acabei de perceber que não aproveitei da maneira que deveria. Burra, eu? Sim! Mas isso só é mais uma desculpa para eu voltar lá outra vez, haha. Quando? Provavelmente vai demorar, mas nos próximos 5 anos se Deus quiser!
Foto by Florida Adventurer
1. Egypt

Montu: uma montanha russa muito louca, com várias torções, loopings e inversões, a uma velocidade acima de 90 Km/h. Saí de lá tontinha, mas valeu a experiência haha!
Cheetah Hunt: adoro essa montanha russa. Ela é muuuito rápida! Acho que é uma das minhas preferidas, vale super a pena!
Edge of Africa: um pequeno safári que você visita andando. Você vai adorar se você gosta de animais.

Não fui:
Cobra’s Curse: é uma montanha russa nova, não fui pois estava fechado.

2. Pantopia

Scorpion: uma montanha russa muito legal, mesmo que não tenha a mesma emoção das outras. Vale a pena.

Não fui:
Falcon’s Fury
Phoenix
Sandserpent
Sahara Go-Round
Timbuktu Theater
Games Area e Kiddie Rides
Foto by Theme Park Critic
3. Congo

Kumba: montanha russa cheia de loopings, inversões e com quedas também. Muito boa!
Congo River Rapids: um passeio em botes que comporta 12 pessoas, simulando um rafting pelas corredeiras do Congo e seus obstáculos. Esse molha muito, AMO quando é no verão haha. No inverno não tive coragem de ir.

4. Jungala

Orangotango Outpost: lugar para ver orangotangos.
Tigger Lodge: lugar para ver tigres de bengala.
Tigger Trail: lugar para ver MARAVILHOSOS tigres brancos.

Não fui:
Jungle Flyers, Wild Surge & Tree Top Trails.

5. Stanleyville

Sheikra: se você já ouviu falar no Busch Gardens, já ouviu falar na Sheikra, pois ela é a mais famosa montanha russa do parque. Ela tem uma queda livre de 90 graus, com velocidade de mais de 110 Km/h, e te solta a uma altura de 61 metros. E para melhorar, quando você já está lá no alto, o carrinho para por 3 segundos no ponto da queda, dá para ver o parque todo lá de cima, eu sempre me arrependo quando chego lá hahaha, dá um medo enorme!

Não fui:
Stanley Falls Flume: gente, não lembro dessa atração! Tô louca.
Foto by UOL Viagem
6. Safari of Fun (área para crianças)

Não fui:
Air Groover
Elmo’s Treehouse Trek
123 Smile with me
A is for Africa
Big Bird
Cookie Monster’s Canopy Crawl
Walkabout Way
Bird Gardens
Critter Castway
Lory Land

7. Marocco

Iceploration: apresentação com patinadores no gelo, que eu adoro, já assisti duas vezes! Ou três, não lembro.
Myombe Reserve: local para ver Gorilas e Chimpanzés.
Foto by Adventures by Daddy
8. Nairobi
Curiosity Caverns: tipo uma caverninha onde dá para ver animais como corujas, lagartos, morcegos, e animais encontrados nesses habitats.
Elephant Interaction Wall: lugar para ver elefantes.

Não fui:
Jambo Junction
Animal Care Center
Rhino Rally

Já foram ao Busch Gardens? Têm vontade? Me contem!!!
Tata.


Foto da Tarsila a 5 anos atrás, com 17 anos.
Olá Tarsila, tudo bom?

Você provavelmente deve estar dormindo, afinal, era só isso que você fazia nos últimos meses antes do vestibular. Mesmo todo mundo falando que você deveria estudar, se esforçar mais, sua preguiça era maior. Mas apesar disso, o pouco que você estudou será suficiente para você passar no vestibular. Sim, você vai passar!

Seu sonho sempre foi conhecer o mundo, e foi por esse motivo que você escolheu engenharia elétrica, o convênio entre sua universidade e universidades da França foi o principal motivo para te fazer escolher esse curso. Infelizmente não é esse o curso que você quer, e você vai acabar desistindo no ano seguinte, mas a vida segue e muita coisa vai mudar.

Mesmo saindo de engenharia e indo para um curso totalmente diferente, você não vai se sentir completa, mas não se desespere. Você vai conseguir fazer um intercâmbio e isso vai mudar completamente sua vida. Tente falar mais inglês quando for para os Estados Unidos, e tente enfrentar mais sua timidez. Você vai mudar bastante, vai ser menos tímida, mas se conseguir, se esforce mais um pouco.

Não desista de algum dos seus amigos, você vai sentir muita falta deles no futuro. Não escolha seus amigos pela religião, isso é um erro grave! As pessoas que você chama de amigas agora vão te deixar, por motivos que você não entende e você não tem culpa nenhuma disso. Aproveite, pois daqui a 5 anos, seus amigos de verdade estarão quase todos morando distante, e você vai ter de se desdobrar para fazer amigos novamente. Faz falta ter alguém para conversar e sair.

Tenha calma, você vai achar alguém. Não se torture porque beijou alguns garotos, e a pessoa que você está perdidamente apaixonada não te quer. Se ele não te quer agora, não é porque você deixou de sair com um ou dois meninos que ele vai mudar de ideia. Vai demorar um pouco, você vai sair com alguns rapazes que não são certos para você, mas você vai achar alguém que te faz sentir completa, e você vai ser a pessoa mais feliz do mundo. O único problema vai ser a distância, mas vocês vão contornar essa situação.

Já que você só passou no segundo semestre de engenharia elétrica, use os 6 primeiros meses para fazer algo de útil. Só o cursinho de inglês não vai ser o suficiente. Você vai começar a ler bastante, mas tente fazer outras coisas, senão o tédio vai te consumir.

Se controle e não coma tanto! Você vai engordar muito se não controlar essa boca! Depois de anos você vai conseguir emagrecer e voltar ao peso normal, mas sempre é bom cuidar da saúde mental e física.

Tudo vai acontecer no seu devido tempo, tente ser menos ansiosa, e confie em Deus, Ele tem tudo planejado, e por mais confuso e errado que pareça, no final, tudo vai acontecer da maneira mais incrível possível. ­­

Aproveite cada segundo da sua vida, muita coisa vai acontecer, muita coisa vai mudar, coisas boas estão por vir, e coisas ruins também, mas elas são necessárias. Deus sempre está certo, e pode parecer tudo esquisito, errado, confuso, e você pode se sentir sem rumo, mas tente se lembrar de que Ele está no controle de tudo.

Da sua amiga do futuro,

Tata.


No meu primeiro dia nos Estados Unidos, fomos para o Sea World

Para quem não sabe, o Sea World é um famoso parque de Orlando, cheio de atrações e animais. Existe uma polêmica quando se fala desse parque, por haver uma exploração dos animais marinhos, como visto no documentário Blackfish. Eu sou bem contra zoológicos, captura indevida de animais, e a retirada desses animais dos seus habitats naturais.
Porém, sempre é bom fazer algumas pesquisas antes de fazer julgamentos precipitados. Por causa de toda essa polêmica, pesquisei um pouco mais sobre Blackfish e como o Sea World tratava seus animais, e achei os seguintes textos: Carta aberta dos defensores dos animais do SeaWorld e A Verdade sobre Blackfish, ambas feitas pelo Sea World. 
Então, sendo verdade ou não toda essa polêmica, está claro que o Sea World está tentando se retratar pelo que fez no passado, e eu acho que todos merecem uma segunda chance.

Bem, voltando ao objetivo do post, vamos falar sobre como foi meu dia no Sea World.
Fiquei um pouco triste pois no dia que fui choveu bastante, então não pude ir em todos os brinquedos nem assistir todas as atrações.
Atrações: 
One Ocean: o show da baleia Shamu, de longe o show mais famoso e procurado do Sea World. É um show bem bonito, com várias baleias fazendo acrobacias. 

Wild Artic: um simulador de uma expedição no Ártico. Eu não gostei muito do simulador, mas depois disso a gente vê vários aquários com animais polares.

Antarctica: Empire of the Penguin: uma atração que fala sobre a vida dos pinguins no polo sul, e no final você vê muitos pinguins fofinhos. Tem pinguim que não acaba mais. É uma atração bem popular no parque, e eu acho que vale a pena.

Shark Encounter: Um aquário embaixo d’agua onde você vê vários tubarões.

Shamu Underwater Viewing: é uma área onde é possível vê as baleias embaixo d’àgua.

Clyde and Seamore’s Sea Lion High: um show onde as principais estrelas são os leões-marinhos. Esse show também conta com a presença de lontras e morsas, e é bem divertido, engraçado até.

Journey to Atlantis: é como se fosse uma Splash Mountain. Quando eu fui estava fechada, mas eu já tinha ido na primeira vez que fui no Sea World e é bem legal. 

Blue Horizons: um show bem legal com golfinhos, onde eles fazem acrobacias e tudo mais. É bem divertido. 

Pacific Point Preserve: um local onde as focas ficam tomando um banho de sol e interagindo uma com as outras. Peguei umas crises de riso por causa dos barulhos que elas fazem.

Dolphin Cove: tanque com vários golfinhos, onde você pode até brincar com eles e alimentá-los. 

Kraken: uma montanha-russa maravilhosa, veloz, alta e ainda com looping. Vale a pena demais.

Manta: a única montanha-russa que fui dessa vez. Ela deixa as pessoas de barriga pra baixo no carrinho, eu fiquei um pouco com medo, mas é muito legal! 

Mako: a montanha russa mais rápida, alta e longa de Orlando. Fui na primeira vez, mas fiquei muito triste porque ela estava fechada quando fomos dessa vez.
Não fui:
Sky Tower: 
TurtleTrek
Pets Ahoy!

Atrações infantis: 
Jazzy Jellies
Ocean Commotion
Shamu Express
Flying Fiddler
Swishy Fishies
Seven Seas Hailway
Sea Carrousel

Vocês já foram no Sea World? Já ouviram falar das polêmicas? Me contem mais!

Tata.


Fui na Flórida visitar meu namorado, e resolvemos aproveitar meu último dia por lá indo no Magic Kingdom. Pensei em fazer um vlog bem legal, mas não tive muito tempo para me planejar. Como vou voltar lá em julho, tentarei fazer um vlog e vou me redimir com vocês.

Mas vamos ao que interessa, minha visita ao MK.

1. Atrações:

Disney Festival of Fantasy Parade: a parada tradicional do Magic Kingdom, que ocorre pela tarde, é uma atração imperdível e encantadora que conta com a participação de personagens principais das histórias e filmes da Disney. É algo que todo mundo tem que assistir pelo menos uma vez, faz sua experiência mais completa.
Move It! Shake It! Dance & Play It! Street Party: é uma festa com vários personagens dançando e interagindo com os visitantes. Acontece várias vezes ao dia, você vai ver em frente ao castelo e em parte da Main Street.
Once Upon a Time: um show de projeções no castelo, bem legal, se você já estiver perto do castelo, vale a pena esperar para ver!
Wishes Nighttime Spectacular: o famoso e tradicional show de fogos noturno do Magic Kingdom. Vale muito a pena assistir do início ao fim. Não deixe de assistir esse espetáculo maravilhoso, para depois não se arrepender.

Não fui:
Sorcerers of The Magic Kingdom
Walt Disney World Railroad

Foto por: Capturing the Magic
2. Tomorrowland:

Buzz Lightyear’s Space Ranger: brinquedo em que cada pessoa tem uma arminha e tem que atingir os alvos ao longo do caminho. No final, cada um sai com uma pontuação. Eu fui péssima nesse jogo, mas adoro a atração haha.
Space Mountain: montanha russa no escuro que marcou muito minha primeira vez no MK. Ela mexe um pouco, mas eu acho bem legal.
Stitch’s Great Scape: atração em que somos convidados a participar de uma caça ao Stitch. Dessa vez que fui ao MK, a atração estava fechada, mas da vez passada eu fui e lembro que tinha gostado bastante.
Astro Orbiter: é um brinquedo que te faz ver o parque de cima, eu gostei bastante, achei bem legal, fui pela noite e foi bem divertido.

Não fui:
Monsters Inc. Laugh Floor
Tomorrowland Indy Speedway
Carrousel of Progress
People Mover – Tomorrowland Transit Authority

Foto: Matt Pasant
3. Fantasyland:

Seven Dwarfs Mine Train: é uma montanha-russa muito legal, uma das melhores do parque. Como é uma atração relativamente atual, as filas são bem demoradas, então é bom ir logo nela ou deixar para ir por último.
Mickey’s PhilharMagic: Um filme musical em 3D muito legal, imperdível.
Peter Pan’s Flight: uma atração bastante tradicional que faz um passeio pela história do Peter Pan. Se você gosta dos clássicos da Disney, assim como eu, vale a pena conhecer.
Under the Sea: um passeio pelo mundo da sereia mais linda da Disney, é muito bonito apesar de não ser algo espetacular. Vale a pena se você for fã da Ariel.
It’s a Small World: um clássico cheio de bonequinhos que representam pessoas de vários países. A música é bem irritante, no meio da atração, a pessoa já fica enjoada da música haha, não é minha favorita.

Não fui:
Mad Tea Party
Prince Charming Regal Carrousel
Enchanted Tales with Belle
The Many Adventures of Winnie the Pooh
Dumbo the Flying Elephant
The Barnstormer
Casey Jr. Splash ‘N’ Soak Station

Foto por: DisneyFanatic.com
4. Adventureland

Jungle Cruise: um passeio bem divertido, onde vemos vários animais (não são de verdade) e o guia do barco fica falando várias coisas engraçadas, em inglês, claro.
Pirates of Caribbean: Eu adoro essa atração, é muito legal, você entra em um barco e vê um cenário maravilhoso.

Não fui:
The Magic Carpets of Aladdin
A Pirate’s Adventure: Treasures of the Seven Seas
The Enchanted Tiki Room
Swiss Family Treehouse:

Foto por: Big Florida Country
5. Frontierland

Big Thunder Mountain: montanha russa bem leve e tradicional da Disney.
Splash Mountain: montanha russa na água que molha bastante, bem legal, uma das atrações mais legais.

Não fui:
Country Bear Jamboree
Tom Sawyer Island

Foto por: Juneau Biscuits
6. Liberty Square

Haunted Mansion: um trem fantasma bem legal. Não assusta, então não precisa se preocupar, mas é bem divertido.

Não fui
Liberty Square Riverboat
The Muppets Present… Great Moments in American History
Hall of Presidents

E, para aproveitar, quero indicar um site que me ajuda muito sempre que tenho dúvidas sobre Orlando, quando eu quero me programar para ir lá, ou a montar um roteiro bem legal. É o Vai pra Disney?. Recomendo muito!

E aí? Já foram no Magic Kingdom? Pensam em ir?

Tata.



Bom dia, boa tarde e boa noite!

Venho aqui me desculpar pela ausência de mais de um mês. Vou me explicar.
Dezembro, janeiro e fevereiro são três meses bem loucos para mim. 
Em dezembro, minhas férias começaram, viajei para Maceió, mas mesmo assim consegui continuar com as postagens no blog. 
Na primeira semana de janeiro, viajei com minha família para Santa Catarina, mas não consegui postar nada no blog, a internet era ruim e não tive muito tempo para criar conteúdo nem atualizar o blog. Porém, quando cheguei de viajem, consegui fazer algumas postagens, e jurava que ia dar continuidade na frequência de postagens do blog. 
No dia 20 de janeiro, viajei para visitar meu namorado na Flórida, e passei 21 dias com ele. Como dá para ter uma ideia, não consegui postar nada, nem criar conteúdo, muito menos filmar ou tirar foto. Foquei meu tempo em aproveitar cada segundo com ele, o máximo que pude. 
Então, por esses motivos o blog ficou um pouco abandonado.

Estou voltando agora com um pedido de desculpas, dizendo que trago várias postagens legais, e, por mais que eu não tenha tirado muitas fotos nem gravado vídeos, muitas postagens vão ser escritas e compartilhadas com vocês.

E, para essa postagem não ser apenas mais uma postagem de desculpas, deixo um vídeo que fiz e peço a opinião de vocês. É um vídeo simples, mas feito com muito amor.


Espero que gostem <3

Tata.