Para quem me acompanha nas redes sociais, principalmente no Instagram (tanto no pessoal como no do blog) percebeu que venho postando bastante sobre minha alimentação e idas à academia.
Quem me conhece sabe que antes disso eu tinha uma vida bem sedentária e minha alimentação, apesar de não ser tão ruim, não era lá essas coisas.
Mas, algo que quase ninguém sabe foi o porquê eu decidi mudar.

A mudança vem de dentro pra fora. Você não vai conseguir mudar sua alimentação e sua saúde se você não mudar isso no seu interior primeiro. Eu me sentia mal. Minha vida estava péssima. Eu não tinha amigos, não saia de casa, me sentia exausta, não estava feliz comigo mesma. Mas chegou um dia que eu me perguntei "por quê?". Qual era o real motivo de eu estar me sentindo daquele jeito e o que eu poderia mudar?

Comecei a pensar em formas de mudar minha vida para melhor, e começou pelos exercícios físicos. Sou bem preguiçosa e sempre dava a desculpa de que não tinha tempo para fazer exercícios, mas depois de muito pensar resolvi tentar. As primeiras semanas foram horríveis, mas eu persisti. Acordar às 6:30h para ir a academia e passar o dia com dores musculares parecia absurdo para mim. Três semanas depois eu comecei a sentir menos dores, a disposição aumentou e eu me sentia mais feliz, orgulhosa de mim mesma. Porém ainda faltava algo.

Eu passava quase duas horas na academia e depois ia para casa comer pão. Comecei a ver que meu esforço estava sendo um pouco em vão, eu perdia calorias na academia e ganhava tudo de novo quando chegava em casa com coisas que nem eram tão saborosas assim. Além do mais, eu tenho intolerância à lactose, então dores no estômago e gases faziam parte da minha rotina. Resolvi mudar minha alimentação. No início foi uma merda. Quem come salada? Mas me forcei mais uma vez a continuar. Dias depois me senti mais leve, meu cabelo estava mais bonito, aliás, eu estava me sentindo mais bonita. Não que eu tivesse mudado muita coisa na aparência, mas meu interior tinha mudado bastante. Como eu disse, a mudança começa de dentro para fora.
Feliz, ativa, orgulhosa, mais saudável. É assim que eu me sinto. E tudo isso me fez ver que eu sou capaz de tudo quando eu me esforço de verdade. Se sou capaz de acordar às 6h da manhã todos os dias e comer saladas, duas coisas que pareciam impossíveis para mim, sou capaz de muito mais. Sei que vou conseguir estudar, me formar, conseguir entrar em uma pós graduação, morar no exterior, alcançar tudo o que eu sempre quis. Basta querer e persistir.

O que eu quero dizer é, você também é capaz. Independente do que você queira mudar, faça as coisas para o seu bem. Não mude pelos outros. Mude por você. Seja você magra, gorda, alta, baixa, lisa, cacheada, preta, branca, se você estiver triste, mude, se esforce, no início será difícil e você provavelmente vai querer desistir, mas a recompensa depois será maravilhosa. Mas se você estiver satisfeita consigo mesma, continue. Faça de tudo para se sentir feliz.

P.S.: Coloquei as únicas fotos que tinham no meu celular, esqueci de tirar fotos para esse post, haha.

Tata.


Olá, pessoas!

Hoje trouxe uma dica maravilhosa para vocês que estão procurando algo para hidratar as unhas e cutículas. Sempre tive problemas com unhas fracas, elas quebravam sempre, nunca conseguia deixá-las com um tamanho legal.


A Cera Nutritiva Unhas e Cutículas da Granado hidrata e fortalece as unhas quebradiças e cutículas ressecadas. Ela deixa as unhas com um aspecto saudável e não fica melecado quando são aplicadas nas unhas, ficam sequinhas e ela é rapidamente absorvida.
De acordo com o site da Granado, ela é produzida com cera vegetal de cereais associada ao leite de aveia e uma combinação de silicones. Não contém ingredientes de origem animal, e o melhor, eles não testam nenhum dos produtos em animais, totalmente cruelty free.
Foto das unhas com a cera.
Minhas cutículas ficaram visivelmente mais fortes e reduzidas (não tiro cutícula, então dá pra ver bem), e minhas unhas estão muito melhores do que antes. Estou amando esse produto, passo de duas a três vezes por dia e vejo bastante resultado.
Ela é pequena então dá super pra levar na bolsa. Possui apenas 7g porém rende bastante. Comprei por mais ou menos R$ 25. Uso, abuso e recomendo :)

Vocês já usaram essa cera? Gostaram? O que acharam?

P.S.: Produto comprado por mim.

Tata.
 


Ano que vem irei me formar na faculdade, se Deus quiser, e estava pensando em tudo o que fiz para melhorar o meu currículo e adquirir conhecimento. Sei que muitos de vocês estão passando por isso também, estudando e querendo dar o melhor de si enquanto podem, antes de conseguir finalmente um emprego ou continuar os estudos. Por isso, trago umas dicas de como aperfeiçoar o seu CV.


1. Projetos de extensão
Participe de projetos de extensão do seu curso. É uma ótima forma de colocar na prática os seus conhecimentos. Tem a função de servir como instrumento de inserção social, e tem um papel muito importante para a comunidade e para os alunos envolvidos.

2. Artigos Científicos
Publique artigos científicos. Na comunidade acadêmica, quanto mais artigos científicos publicados você tem, melhor visto você será. Mas lembre-se que qualidade é sempre melhor que quantidade! Artigos publicados também te dão pontos na seleção de uma pós-graduação, e são uma ótima forma de agregar conhecimento.

3. Eventos
Participe de eventos e congressos. Isso mostra o seu interesse como estudante em abranger mais seu conhecimento e estar mais inserido na comunidade acadêmica. Você vai conhecer pessoas de outros lugares que estudam as mesmas coisas que você e terá uma visão mais ampla sobre o seu curso. Além de conhecer profissionais da sua área e entender mais sobre sua profissão.

4. Iniciação Científica
Ter um IC hoje em dia conta muito, além de dar uma grana extra em muitos casos. Você vai colocar em prática aquilo que aprendeu na teoria, te dando experiência na sua área de pesquisa. E ainda vai te preparar para os próximos passos da vida acadêmica, como especialização, mestrado, e doutorado, como para a vida profissional.

5. Idiomas
Faça um curso de idiomas. Hoje em dia, saber uma língua estrangeira deixou se ser diferencial e passou a ser "obrigação". Então, aprenda inglês, espanhol ou outra língua, isso vai te deixar a frente de muita gente.

Já fez ou faz algo dessas coisas? Teria algo pra acrescentar?

Tata.


O que é felicidade? 
Tem gente que diz que felicidade é um estado de espírito, outros dizem que a felicidade é feita de momentos, algumas até dizem que é estar com quem se ama...
Bem, eu não sei ao certo a resposta para essa pergunta, mas eu sei que existem pequenas coisas que me fazem feliz, assim como existem coisas que te fazem feliz.

Com tanta cobrança da sociedade às vezes esquecemos de nós mesmos. Faculdade, trabalho, relacionamento, são muitas coisas que ocupam nossas mentes e nos deixam ansiosos e estressados.

Mas lembre de você.
Você não é uma máquina. Não foi feito para trabalhar 24h por dia. Você não é perfeito e poderá errar muitas vezes. Há dias em que tudo parece dar errado, em que a gravidade parece te puxar mais forte para o chão. Mas não se estresse, tire um tempo para você.

Assista um filme, tire um cochilo, coma algo gostoso, faça algum exercício, converse com alguém que você ama, qualquer coisa que te faça se sentir melhor é válido.

Se faça feliz, ninguém vai ser feliz por você.

Tata.


No mês de julho viajei com minha família para os Estados Unidos, fomos para New York e Orlando. Como meus pais nunca tinham saído do Brasil, repeti boa parte do roteiro que segui quando fui pela primeira vez com meus amigos em 2015.
Chegamos lá no dia 14 e saímos no dia 21 de julho.
Pensei em fazer um vlog, mas acabei não tendo tempo e fiquei um pouco doente (tive infecção urinária), o que me impossibilitou de gravar.
Mas, trouxe algumas fotos e meu roteiro para vocês.



Roteiro: (não me lembro se foi exatamente assim, porém fomos em todos esses lugares)
Primeiro dia
1. Times Square
2. Broadway
3. Bryant Park
4. Biblioteca Pública de NY
5. Grand Central Station 
6. St. Patricks Cathedral
7. Rockeffeler Center Plaza
8. Hope Sculpture

Segundo dia
1. Estátua da Liberdade
2. Wall Street (Charging Bull)
3. New York Stock Exchange
4. Trinity Church
5. St. Paul’s Church
6. 9/11 Memorial

Terceiro dia
1. Chelsea Market
2. High Line Park
3. Macy’s
4. Madison Square Park
5. Washington Square Park
6. Flatiron Building
7. Empire State Building

Quarto dia
1. Central Park
Strawberry Fields
Conservatory Garden
Zoológico do Central Park
2. Love Sculpture 
3. Top of the Rock – Pôr do Sol

Quinto dia 
1. American Museum of Natural History
2. Soho 
3. Broadway Avenue
4. Brooklyn Bridge
Agora é a vez de vocês, me contem, já foram em NY? Tem vontade ou planos? O que acham desse lugar maravilhoso?

Tata.


Outubro Rosa é um movimento que existe em diversos países e ocorre durante todo o mês de outubro. Seu objetivo principal é fortalecer a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, conscientizando sobre a doença e contribuindo para reduzir a mortalidade por ela causada.

Foto: Blog Pilates
O movimento nasceu na década de 1990, nos Estados Unidos, e vem ganhando força em vários lugares desde então. Para lembrar da importância do diagnóstico e tratamento do câncer de mama, geralmente as pessoas usam um laço rosa ou uma peça rosa.

De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), no Brasil, para o ano de 2016, eram esperados 57.960 casos novos de câncer de mama. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, e responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil especificamente, esse percentual é um pouco mais elevado e chega a 28,1%.

Foto: Outubro ROSA
Então, agora que você já sabe um pouco da importância desse mês, vista essa causa! Conscientize as pessoas ao seu redor :)

Tata.




Andei sumida por uns meses, mas eu tenho algumas explicações.

Faculdade.
Curso de espanhol.
Iniciação científica.
Provas.
Trabalhos.
Família.
Namorado.

Enfim, muitas coisas tem me deixado ansiosa e sem tempo.

Ansiosa.
Tive várias crises de ansiedade ultimamente.
Melhorei bastante, mas de vez em quando ainda fico doente por motivos emocionais.
E, por isso, decidi voltar.
O blog é o único lugar que eu tenho para me libertar, desabafar. Talvez me faça bem.

Mas vou voltar com apenas duas postagens por semana, na terça e na sexta. Depois, quem sabe, voltarei a postar mais vezes.

Espero que entendam e me recebam de volta.
Paz e luz.

Tata.